:

Blog

Perseverance Rover a caminho de Marte

A missão “Mars Perseverance Rover” da NASA teve início em julho de 2020 e já se prevê chegada em Marte em Fevereiro de 2021. 

 

Neste mês de janeiro, a missão Perseverance Rover completará 6 meses em órbita, o que indica a proximidade da chegada no Planeta Vermelho, prevista para 18 de fevereiro de 2021. Em julho de 2020, o Perseverance Rover foi lançado ao espaço rumo à Marte com o objetivo de buscar por sinais de vida microbiana ancestral. Para isso, a espaçonave conta com uma estrutura capaz de caracterizar a geologia e o clima do planeta vermelho, além de coletar rochas e sedimentos e documentar as informações encontradas.  

rover deve percorrer o solo marciano por 2 anos, procurando vestígios de vida no delta de Jezero, (onde haveria um rio há 3,5 bilhões de anos), perfurando o solo e coletando amostras que serão enviadas à Terra em 2026. 

Este é o maior e mais pesado rover robótico que a NASA já construiu para missões à Marte. No corpo do Perseverance também está o helicóptero Ingenuity, que tentará mostrar que o vôo controlado é possível na fina atmosfera de Marte. Além de carregar o Ingenuity na “barriga”, o Perseverance conta com três componentes principais do sistema de vôo: 

Aeroshell: Estrutura que reúne uma cápsula de proteção térmica, que será desacoplada no momento em que o rover adentrar a atmosfera de Marte, e um conjunto de componentes responsáveis pela comunicação com a terra, equilíbrio de peso, e proteção para o pouso.

Gerador Termelétrico de Radioisótopo MultiMissão (MMRTG): Sistema de energia que funciona essencialmente como uma bateria nuclear, além de carregar duas baterias de íon-lítio. A demanda de energia do Perseverance pode alcançar até 900 watts durante suas atividades de pesquisa. 

Sistema de telecomunicações: Durante os primeiros dois meses da viagem a Marte, a espaçonave se comunica usando uma antena de baixo ganho localizado no cone do pára-quedas do aeroshell. Conforme a espaçonave se afasta da Terra, uma antena mais forte e de médio ganho assume, enviando taxas de dados mais altas. 

Tecnologias acopladas: Além de seu sistema de funcionamento e o helicóptero Igenuity, o Perseverance ainda carrega o MOXIE, estrutura responsável por testar a tecnologia que converte dióxido de carbono na atmosfera marciana em oxigênio. 

Esta é a 5º espaçonave que a NASA dedica à missão em Marte, e o primeiro que foi projetado para trazer amostras do Planeta Vermelho para a Terra. Segundo a NASA, as amostras de Marte podem beneficiar futuras gerações de cientistas que usarão tecnologia que ainda não foi inventada. Os cientistas estão bastante otimistas com a missão Perseverance, uma vez que a possibilidade de converter dióxido de carbono em oxigênio alimenta os planos de enviar humanos à Marte.

Fonte: www.nasa.gov/perseverance

0 0 vote
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x